FISEC – O FÓRUM DOS CONSTRUTORES DE PONTES

Compartilhe essa postagem

SECRETÁRIOS: OS CONSTRUTORES DE PONTES

Hoje (24-07-23, às 20h) tem uma live com alguns construtores de pontes.
Para receber o link do Zoom e aproveitar essa oportunidade, é só *entrar no grupo aqui* 👉 https://lnkd.in/dnYC3veZ

O filme Ponte do Rio Kwai, ambientado na Segunda Guerra Mundial, é baseado no romance de Pierre Boulle e mostra um grupo de prisioneiros do exército britânico obrigados a construir uma ponte para os japoneses. Supostamente, sobre essa ponte passariam recursos bélicos estratégicos para o Japão avançar em território indiano. Um comandante britânico, prisioneiro, é encarregado de construir a ponte. Ele envolve os seus homens, resgata-lhes o orgulho de fazer algo bem feito e consegue com que se construa a ponte sobre o Rio Kwai com alta qualidade. Porém, no transcurso da construção o coronel britânico passa a se sentir o dono da ponte, tornando-se irascível, controlador e violento. E no mundo corporativo, social e familiar como construir pontes sem querer ser os seus donos?

Em primeiro lugar, ponte é a construção que conecta duas margens separadas por um arroio, rio ou um vale. Acrescente-se que há outros significados, como aparelho de prótese dentária; extensão para ligar as veias e artérias no corpo humano; o cavalete na música; ou o dia útil que não se trabalha entre dois feriados. Em suma, os significados de ponte têm relação com conexão, ligação, elo, vínculo, entre outros sentidos próximos. Entretanto, há um elemento essencial que antecede a ponte, o construtor de pontes. Nas pontes físicas, um governo, um município ou uma comunidade identifica um ponto que precisa ser conectado, faz um projeto e contrata o construtor de pontes que a executa, sendo remunerado para isso. Por vezes, depois de construir a ponte o construtor até se beneficia dela, mas não é o dono da ponte. Nas relações humanas o construtor de pontes observa e identifica pessoas ou organizações com competências complementares e as conecta para que juntas produzam algo que sozinhas não podem fazer. Nas relações pessoais, o construtor de pontes, quase sempre, é alguém altruísta, generoso e visionário. Não falamos aqui daqueles que são remunerados para fazer as pontes, como os lobistas ou outros profissionais relacionados. Resgato aqui o construtor de pontes altruísta, que faz o que faz sem a expectativa de receber algo em troca, contribuindo naturalmente para que as pessoas e organizações se aproximem gerando algo novo e melhor. Conheço pessoas assim. Falo aqui do construtor de pontes generoso, que é bondoso ao conectar as suas conexões, deixando-as trabalharem entre si. É bom conviver com pessoas assim. Refiro-me aqui ao construtor de pontes visionário, que consegue observar e identificar pessoas e organizações que juntas são melhores contribuindo para que o mundo avance rumo ao ideal evolutivo. Admiro pessoas assim. No filme, assim como nas relações que vivemos, há pessoas que constroem as pontes, mas em seguida se apegam a elas como se fossem os seus donos. Com isso se tornam irascíveis e controladoras, esquecendo-se da finalidade da ponte: a conexão.

Por fim, nas nossas relações sociais, organizacionais e familiares é essencial a presença de construtores de pontes. O FISEC – Fórum Internacional de Inovação em Secretariado é um evento de construtores de pontes que usam a IMAGINAÇÃO e fazem o MOVIMENTO de conexão para com isso, afetar o mundo com AFETO. Ao longo de dois dias de evento, as pessoas se encontram e se conectam de forma altruísta, generosa e visionária para compartilhar recursos estratégicos entre si.

O mundo é melhor com pessoas construtoras de pontes que não se creem as donas da ponte. As Secretárias e os Secretários Executivos são assim. A Pepita e o FISEC são assim!!!

Hoje (24-07-23, às 20h) tem uma live com alguns construtores de pontes.
Para receber o link do Zoom e aproveitar essa oportunidade, é só *entrar no grupo aqui* 👉 https://lnkd.in/dnYC3veZ

E você, vai para o FISEC construir as suas pontes?

 

Postagens Relacionadas

Propósito, Forças e Bem-estar Integral

FELIZ ANO VELHO, FELIZ ANO NOVO…

Feliz ano velho, feliz ano novo… Uma retrospectiva dos assuntos que foram importantes na área de tecnologia esse ano. Hoje eu quero relembrar com vocês

Precisa de Ajuda?