VOCÊ ESTÁ REPETINDO A PIADA?

Compartilhe essa postagem

Você está repetindo a piada?

A cada dia o sábio recebia pessoas diferentes que vinham buscar os seus conselhos. Ele escutava, conversava e as pessoas, aparentemente, saíam melhores do que quando haviam chegado. Entretanto, algumas pessoas, repetidamente, voltavam. O sábio as recebia e escutava os mesmos problemas. Naquele dia, logo após a fala das pessoas, ele contou uma piada. Todos riram. Em seguida, o sábio repetiu a piada. Alguns riram e outros não. Por fim, ele contou a piada mais uma vez. Ninguém mais riu. Um deles, aparentemente decepcionado, indagou por que o sábio repetia a mesma piada.

O sábio respondeu:

– Não se pode rir da mesma piada repetidamente, não é? Pergunto: e por que vocês seguem chorando pelo mesmo problema?

Ninguém mais disse nada. As reflexões de Jorge Nardi sobre o tema a partir dessa fábula podem ser levadas para qualquer área de nossas vidas. Na esfera profissional, quantas vezes ruminamos sobre uma avaliação de desempenho? As avaliações de desempenho são momentos delicados no ambiente profissional em que o avaliado escuta um ponto a ser melhorado e, muitas vezes, segue repetindo o comentário mentalmente como uma crítica, gerando um sofrimento não necessário. Nas relações pessoais, por que sofremos por uma ação ou por um comportamento alheio? Na vida familiar, frequentemente, esquecemos de valorizar todo apoio, suporte, amizade e amor do outro para sofrermos por um hábito que não nos agrada. No ambiente social, qual a razão de voltarmos para as mesmas conversas sem nada fazer para mudar a realidade? As conversas com os amigos se repetem e a irritação por problemas insolúveis também.

A mesma piada contada várias vezes deixa de ser engraçada, por isso, da mesma forma a mesma situação de dor não deveria provocar novo sofrimento. Entretanto, aqui as pessoas não desapegam, elas voltam a pensar e a falar sobre um momento de dor gerando nova onda de sofrimento. A dor é natural e passa. O sofrimento é escolha e o tempo de duração é você quem determina. Desse modo, no ambiente profissional, ainda que você tenha recebido uma avaliação insatisfatória sobre determinado desempenho, escute, aprenda e melhore. Doeu? É normal, porém não se sabote a ponto de seguir sofrendo por isso. Na tua relação familiar tem algo no outro que não o agrada, então converse e exponha baseado em fatos, sentimentos e necessidades. Dói? Pode ser, mas se lembre, é o outro. Não sofra por isso. No ambiente social a conversa se volta uma e outra vez sobre aquilo que não se pode resolver, diante disso mude o tema e o humor. É difícil? Talvez, mas a escolha de sofrer ou não por isso é tua.  A vida é feita de momentos lindos com alegria e felicidade, assim como de situações de dor e de sofrimento. O período de duração dos eventos posteriores está nas tuas mãos.

Por fim, para não repetir a piada é importante buscar na memória se você a contou ou não e com isso não fazer um papel ridículo. Para não sofrer duas vezes é indispensável desapegar do passado para não viver deprimido no presente, o que é insensato. Desse modo, busque conhecimento, métodos e ferramentas para aprender e desenvolver habilidades de soltar o passado para poder viver o presente de estar no presente. Por exemplo, a Inteligência Positiva é uma metodologia que te ensina a prender os teus sabotadores que te levam a sofrer duas vezes. Da mesma forma, a Comunicação Não-Violenta é um passo a passo para não dar poder ao outro sobre você. E a Espiritualidade? Na minha concepção, é a sabedoria que te permite usar as ferramentas vindas do conhecimento para ter uma vida plena.

Dessa forma, antes de sofrer outra vez, assegure-se de soltar o passado porque a dor já não existe mais. A espiritualidade o apoia na sua escolha!

Ahh, se possível, não repita as piadas!

Moacir Rauber

Instagram: @mjrauber

Blog: www.facetas.com.br

E-mail: mjrauber@gmail.com

Home: www.olhemaisumavez.com.br

Postagens Relacionadas

Propósito, Forças e Bem-estar Integral

FELIZ ANO VELHO, FELIZ ANO NOVO…

Feliz ano velho, feliz ano novo… Uma retrospectiva dos assuntos que foram importantes na área de tecnologia esse ano. Hoje eu quero relembrar com vocês

Precisa de Ajuda?